Voce e o Mundo Quem esta Online

Videos Mais Vistos YOU TUBE.

Loading...

Bem vindo!

Quantas pessoas estão ONLINE no momento.

Usuários ONLINE


segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

PREFEITO UDO DECEPCIONA JOINVILLE

Preço de R$ 2,40 debatido na campanha eleitoral é esquecido e passagem sobe para R$ 2,90
ENTREVISTA: Kennedy Nunes
“Udo é o responsável pelo aumento do ônibus”
Deputado Kennedy Nunes (PSD) usou outdoors para criticar o prefeito pelo reajuste da passagem de transporte coletivo da cidade
“Foi tudo uma encenação”. Assim o deputado estadual Kennedy Nunes (PSD), candidato a prefeito nas eleições de 2012, analisa a forma como o prefeito Udo Döhler (PMDB) aumentou a passagem do transporte coletivo de Joinville. Na última semana, o deputado espalhou outdoors pela cidade criticando a decisão do peemedebista com a frase: “Passagem a R$ 2,90 é uma vergonha!”.
Desde segunda-feira (7), o usuário desembolsa mais pelo serviço. A tarifa passou de R$ 2,75 para R$ 2,90. Já a embarcada (comprada dentro do ônibus) custará R$ 3,30.
Kennedy explica que o “teatro”, como ele gosta de chamar, aconteceu quando o antecessor de Udo apontou no final de seu governo que a tarifa seria R$ 3 para que o peemedebista pudesse dizer que reduziu o reajuste em dez centavos.
“É uma forma simulada de dar o aumento. Ele (Udo) elevou em 15 centavos a tarifa. Ele é o responsável pelo aumento. Sempre afirmei que o prefeito tem a caneta na mão e pode tomar a decisão. Udo usou do decreto para aumentar a passagem, mas poderia usá-lo para reduzir para R$ 2,40 como prometemos na campanha eleitoral”, dispara Kennedy. De acordo com o deputado, existe um acordo entre Udo e as empresas.
“O PMDB, principalmente o senador Luiz Henrique da Silveira (LHS), sempre deixou as empresas (Gidion e Transtusa) no serviço sem licitação, e não é a toa que ele foi o campeão de aumento da passagem de ônibus – quando foi prefeito de Joinville, LHS subiu a passagem 125% em 51 meses. Ficarei atento para que o governo peemedebista não faça o que sempre fez. Vou bater na tecla que o subsídio é necessário e que a tarifa deveria ser reduzida à R$ 2,40″, acrescenta.
O deputado também criticou a medida do atual prefeito de ignorar a gratuidade para pessoas entre 60 e 65 anos e o pagamento de 50% da passagem pelos estudantes.
“Udo ‘esqueceu’ dos idosos e dos estudantes. Além de aumentar o preço da passagem não concedeu a  gratuidade para os joinvilenses com mais de 60 anos. Esqueceu dos estudantes. Prometemos meia passagem para eles. Isso é imperdoável”, enfatiza Kennedy.

Nenhum comentário:

Postar um comentário